Arquivo para 4 de março de 2009

04
mar
09

Hot Rats, de Frank Zappa

por Raul

Em outubro de 1969, o mundo recebia de Frank Zappa sua maior proeza musical. O disco “Hot Rats” fugia completamente de tudo que o mestre Zappa vinha fazendo até então em parceria com os Mothers of Invention.

Depois de discos como “Freak Out!” (de 1966) e “We’re Only In It For The Money” (de 1968), juntamente com os Mothers of Invention (ambos frequentemente apontados como um dos melhores discos da história do rock,  ao mesmo tempo, nunca alcançaram grandes números nas vendas), a situação financeira do mestre se encontrava delicada. Existe uma lenda que diz que Frank Zappa, ao se encontrar com executivos da Reprise Records, solicitou (ou implorou, como contam) dez dólares de adiantamento para a gravação do disco, e teve o pedido negado! Sendo assim, Zappa rompeu com a gravadora e os Mothers of Invetion foram dissolvidos.

Frank Zappa recrutou novos músicos para sua nova empreitada, sendo eles Don Harris, Jean-Luc Ponty (violonistas), Ian Underwood (tecladista), e o genial Don Van Vilet, mais conhecido comom Captain Beefheart (que já era amigo de outras estradas do mestre Zappa).

Com esse time, “Hot Rats” foi gravado. Basicamente um disco instrumental (a única exceção seria “Willie The Pimp”, com vocais malucos e chapados de Captain Beefheart), todas as músicas foram compostas por Zappa.

Vale ressaltar que nesse disco o status de “virtuose” começou a ser reconhecido no mestre Zappa, com músicas que tinham mais clima de Jam Sessions, altamente Jazzísticas, aonde os músicos improvisavam maravilhosamente durante longos minutos.

Eu destaco aqui a faixa “The Gumbo Variations”, com seus quase dezessete minutos de duração, é uma experiência altamente recomendada para quem gosta de boa música.

Curiosidade rápida: sobre a capa do disco, temos Christine Frka, uma integrante do grupo exclusivo de groupies que seguia Zappa e sua banda, as GTOs – Girls Together Outrageously. Rock and Roll!

Hot Rats
Sem mais, fica o conselho: ouçam Frank Zappa !!!

Anúncios
04
mar
09

Topei o desafio

por Renata de Sá

Depois de um convite, praticamente, irrecusável, topei o desafio e fiz meu aniversário junto com uma das apresentações da banda Mercúrio Cromo.

A princípio, estava um pouco apreensiva, pelo fato de não conhecer o bar. Entrei no site, indicado por um dos integrantes da banda, e pra falar bem a verdade, não me empolgou muito.

Após uma conversa com outro integrante em que ele me disse claramente que o local não era mesmo a minha cara, resolvi inovar. Só porque não é a “minha cara” não significa que não vou curtir ou que não valeria a pena, nem que fosse para contar aos meus netos que um diz fiz uma festa num lugar bastante exótico, diga-se de passagem.

Sábado, 28 de fevereiro, aproximadamente 22h, estava eu, de frente para um bar, pronta para a minha festa. Um dia antes do evento, encontrei um dos meninos da banda que me garantiu que lá estaria afixado uma série de balões e uma faixa, na qual estaria escrito “Feliz Aniversário Renatinha”. Ingenuidade à parte, nem eu e muito menos ele acreditamos na história.

E realmente não tinha. Ao contrário do que eu esperava, o lugar e a noite foram ótimos. Até mesmo o incenso que dono do bar não se cansava de trocar, cada vez que um queimava por completo, chegou a irritar os participantes daquele evento que só poderia terminar com música.

Mercúrio Cromo valeu pela parceria.

Mercúrio Cromo no Zinc




março 2009
D S T Q Q S S
« fev   abr »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Páginas

Mercurio Cromo no Twitter

Anúncios