23
fev
09

Todo o encanto de Os Sonhadores

por Iza Prado

Os Sonhadores - Pôster
Paris em maio de 1968. É esse tumultuado cenário político que o cineasta Bernardo Bertolucci utiliza como pano de fundo para Os Sonhadores (The Dreamers, 2003). O filme conta, sem pudor algum, a história de três jovens que se vêem atraídos por uma única paixão: o cinema.

Baseado no livro homônimo de Gilbert Adair que assina o roteiro, Matthew (Michael Pitt) é um estudante americano, em um programa de intercâmbio em Paris. Apaixonado por cinema, ele freqüenta assiduamente a Cinemateca Francesa. Mas essa é a época que explodem revoltas estudantis por toda a Europa. Um dia, ao retornar à Cinemateca, ele encontra uma manifestação no local. É nessa situação que ele conhece os irmãos gêmeos Isabelle (Eva Green) – uma garota com falsa inocência, sedutora, mas ainda assim frágil – e Théo (Louis Garrel) – um jovem idealista misterioso, com ar ameaçador. Os três, por nutrirem uma mesma paixão, acabam se aproximando rapidamente.

Dessa maneira, os três se envolvem mais profundamente justamente pelo cinema, conteúdo de seus jogos de adivinhação, e formam um triângulo amoroso. Essa relação funciona como uma metáfora, para Bertolucci, discutir as influências das mudanças e a dualidade entre a necessidade versus a vontade de crescer. Afinal, os personagens precisam encarar suas próprias crenças e isso não só os definirá, como determinará o mundo à sua volta.

O sexo também ocupa lugar central na trama. A exploração do nu e as cenas que remetem às relações sexuais, inicialmente, podem chocar, mas exprimem um realismo sem tabu. A sexualidade surge como se fosse uma brincadeira de criança, sem maldade ou perversão, evolução natural dos jogos infantis, bombardeados de hormônios em ebulição. E todos agem como se estivessem interpretando, na tentativa de alcançar a atitude de seus ídolos.

Com todos esses elementos, o diretor criou um filme poético, sem pressa de chegar a algum lugar e sem a preocupação de contar uma história redonda, apenas extraindo imagens de uma beleza hipnótica. Os enquadramentos são coloridos e criativos e a montagem é inteira dinâmica. Esse ritmo da história até pode incomodar a alguns, principalmente quando se aproxima o final. Às vezes, fica a impressão que Bertolucci não sabe o que fazer com tanta coisa junta no mesmo filme, mas o diretor não decepciona.

Os Sonhadores pode ser considerado como um sonho quase perfeito que transporta o espectador para uma outra época, em um tempo distante, quase perdido. É a Paris de 1968 vista de dentro de um quarto – com as janelas fechadas e o som ligado – através dos olhos, pés, seios, coxas, membros e bocas de três jovens belos e inocentes que consomem mais vinho do que água.

É um filme estiloso, nostálgico, sensual e imperdível.

Os Sonhadores

“As we walked, we talked and talked and talked about politics, about movies, and about why the French could never come close to producing a good rock band”

Anúncios

2 Responses to “Todo o encanto de Os Sonhadores”


  1. 1 Capoba
    fevereiro 24, 2009 às 3:17 pm

    Nossa, qual a minha surpresa ao ver esse post, eu não me lebrava nem a pau do nome, porém já vi esse file, sapeando por acaso os canais, me deparei em algum telecine com o mesmo. Achei muito poético o filme, erótico também mas nada apelativo, tanto que minha ãe assistiu comigo, boa pedida Iza!!!

  2. 2 cleidson
    maio 30, 2009 às 5:16 pm

    esse filme que assiste nunca esquece ele eh d ++++++++++++++++!!!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


fevereiro 2009
D S T Q Q S S
« jan   mar »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728

Páginas

Mercurio Cromo no Twitter

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: